Amigos do AJ
Estamos lançando a campanha “Amigos do AJ”. Torne-se um amigo do AJ. Veja como clicando aqui.

Pesquisa no Site
 

Para aderir à lista de discussão digite seu endereço de email:
 


Data & Hora
 

LINHA DO TEMPO


LINHA DO TEMPO DA PRESENÇA JUDAICA NA AMAZÔNIA

1808

Chegada da Família Real ao Brasil escoltada pela Real Marinha Britânica.

1810

Firmados, entre o Brasil e a Grã-Bretanha os tratados de Comércio e Navegação e Aliança e Amizade. 
Tem início a imigração judaica para a Amazônia.

1821

Extinção da Inquisição em todo o Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarve.

1822

Proclamada a Independência do Brasil por D. Pedro I, Imperador do Brasil.

1823

O judeu-marroquino, José Benjó, requer sua naturalização e licença para comerciar. Estabelece seu comércio na Rua do Pelourinho, atual 7 de Setembro em Belém do Pará.

1824

Inauguração da primeira sinagoga no Brasil Império – “Eshel Abraham” em Belém do Pará, por Abraham Acris.

1838

Marechal Francisco D’Andrea concede licença para comerciar a diversas firmas de judeus marroquinos.

1842

Inauguração em Belém, do primeiro cemitério israelita do país no período imperial.

1850

Tem início o Ciclo da Borracha que atraiu um grande número de imigrantes judeus marroquinos para a Região Amazônica.

1866

D. Pedro II decreta a abertura do Rio Amazonas e seus afluentes à navegação mercante para todas as nações – a Linha Booth foi inaugurada ligando os portos de Manaus e Belém com a Europa.

1889

Fundação da segunda sinagoga da Amazônia, também em Belém do Pará – Sinagoga Shaar Hashamaim por Leão Israel. 
É Proclamada a República dos Estados Unidos do Brasil em 15 de novembro.

1890 à 1910

O boom do Ciclo da Borracha e da imigração marroquina para a Amazônia.

1890

Em Belém do Pará é inauguda a "Sociedade Guemilut Hassadim Shel Ribi Shimon Bar Yochai" a entidade pioneira na organização da comunidade israelita do Pará. 

1909

Nasce em Cametá, Pará, o Rebi Abraham Hamu, primeiro rabino brasileiro e orientador espiritual da comunidade judaica do Pará por mais de 40 anos.

1917

O Maj. Eliezer Levy liderou a comunidade de Belém no apoio a "Declaracao Balfour" em passeata pública. Fundou o jornal "Kol Israel", primeiro jornal judaico-sionista da Amazônia, que circulou por mais de 15 anos.Foi duas vezes prefeito de Macapá.

1918

Fundado o Comitê Israelita do Pará que absorveu o ógão antecessor, "Sociedade Guemilut Hassadim" e que depois torna-se Centro Israelita do Pará até a atualidade.

1926

Isaac José Perez é eleito prefeito de Itacoatiara/

1929

Inauguração do Comitê Israelita do Amazonas em Manaus sendo seu primeiro presidente Raphael Benoliel.

1940

Inauguração do Templo atual da Sinagoga Shaar Hashamaim em Belém, orgulho do judaísmo amazônida, sendo presidente Jacob Benzecry e Shaliach Tzibur Marcos Alves.

1948

O jornalista David Joseph Elias Israel publica o primeiro número do quinzenário Folha Israelita que por mais de uma década serviu à comunidade amazonense.

1962

É inaugurado o Templo da Sinagoga atual de Manaus denominada "Beit Yacov – Rebi Meyr", resultado da fusão das duas sinagogas alí existentes.

1966

É Fundada em Petropolis, RJ a primeira Yeshivá do Brasil pelo Rabino Chaim Biniamini. Cerca de 150 jovens da Amazônia frequentaram a Yeshivá nos últimos 40 anos.

1969

Fundado em Belém o Grupo Kadima, atualmente filiado ao Movimento Juvenil Bnei Akiva.

1974

Rabino israelense marroquino Yosef Ohana, inaugura e dirige uma Yeshivá para jovens judeus da região, é a segunda do país.

1985

Fundado em Belém o "Beith Chabad" que se constitui na terceira sinagoga da comunidade.

1998

Samuel Benchimol z'l, Professor Emérito da UFA lança a obra literária "Eretz Amazônia – Os Judeus na Amazônia".

2002

David Salgado lança o Jornal "Amazônia Judaica".

2004

O Documentário "Eretz Amazônia – Os Judeus na Amazônia", baseado na obra homônima do Professor Samuel Benchimol z'l, produzido por David Salgado, dirigido por Alan Rodrigues, e roteiro de Wagner Bentes, ganha o 1º lugar no I DOC TV - Pará e é exibido em Rede Nacional pela TV Educativa.

2010

Comemoração dos 200 anos da presença judaica na Amazônia. Os irmãos David e Elias Salgado, lançam o Portal Amazônia Judaica com o apoio das comunidades da Amazônia (Belém, Manaus, Porto Velho e Macapá), da sinagoga Shel Guemilut Hassadim do Rio de Janeiro, formada em grande parte por judeus marroquinos, e por diversos empresários e ativistas comunitários.

 

 

  
Design - Web Design